Portal de Paulinia | O seu Jornal on-line

Sex27052016

Entrar emCONTATO

Back Destaques

Destaques

Cidades do Litoral Norte de São Paulo têm programação especial de Ano Novo

Cidades do Litoral Norte de São Paulo têm programação especial de Ano NovoLitoral Norte de São Paulo oferecem uma programação especial com queima de fogos e atrações musicais na comemoração do Ano Novo.

Em Caraguatatuba e São Sebastião, as festas marcam o início da programação de shows musicais de verão, que acontece durante todo o mês de janeiro.

Caraguátatuba
A maior concentração de turistas para o Ano Novo em Caraguá deve acontecer nas praias do Centro e Indaiá, onde acontecerá o show pirotécnico. As praias Martin de Sá e Massaguaçu também devem atrair bastante gente. Já o centro de eventos do Porto Novo oferecerá atrações musicais de diversos gêneros - os destaques são os cantores Léo Maia e Thiaguinho, na sexta-feira (1º). A programação de shows segue até o dia 4 de fevereiro e pode ser conferida na internet.

Ubatuba
A festa de Réveillon desse ano em Ubatuba contará com atrações musicais e pirotecnia. Os fogos serão disparados de uma balsa ancorada na baía central e o espetáculo deve durar aproximadamente 30 minutos. A queima de fogos será realizada nas praias do Perequê-Açu, Itaguá, Maranduba e na região norte de Ubatuba.

As apresentações com músicos da região ficarão concentradas na praia de Maranduba e na praça de eventos, na região central, até sábado (2). A programação completa está disponível no site da prefeitura.

São Sebastião
Moradores e turistas poderão prestigiar os show pirotécnicos de São Sebastião no campo da Enseada, na Costa Norte; no Complexo Turístico da Rua da Praia, no Centro Histórico da cidade; na Praça Pôr-do-Sol, em Boiçucanga, na Costa Sul do município. A programação da temporada ainda inclui shows musicais até o fim de janeiro.

Ilhabela
A festa de fim de ano acontece em quatro praias da cidade: Portinho, Perequê, Vila e Praia Grande. A programação começa a partir das 22h desta quinta-feira (31) e inclui shows com bandas regionais e DJs, além de queima de fogos.

 

 

Após determinação judicial WhatsApp ficar fora do ar em todo o país

Milhões de usuários do aplicativo WhatsApp no Brasil ficarão sem poder usar o serviço por 48 horas após determinação da juíza Sandra Regina Nostre Marques, da 1ª Vara Criminal de São Bernardo que ordenou a operadoras de telefonia móvel o bloqueio do aplicativo, a partir da 0h desta quinta-feira (17-dez).

A decisão foi baseada em um procedimento criminal que corre em segredo de Justiça (o autor da ação não foi divulgado), segundo a juíza, a decisão foi tomada porque o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015.

Em 7 de agosto de 2015, a empresa foi novamente notificada. Como, ainda assim, a empresa não atendeu à determinação, o Ministério Público requereu o bloqueio dos serviços pelo prazo de 48 horas, com base na lei do Marco Civil da internet.

O escritório do Facebook no Brasil não comentou o assunto, apesar de ser dona do app, a companhia o trata como um negócio separado. As teles, por meio do Sinditelebrasil, afirmaram que cumprirão a determinação judicial, a operadora Oi entrou com um pedido de liminar para derrubar a decisão da juíza.

O aplicativo é o mais usado no país, segundo pesquisa do Ibope Inteligência divulgada nesta semana. Dos 2 mil entrevistados, 93% disseram ter o mensageiro instalado no celular.

A consultoria Teleco disse em junho que apps como o WhatsApp haviam derrubado a quantidade dos minutos falados ao telefone e dos SMS enviados pelos brasileiros no começo do ano. Sentido-se prejudicadas, as teles cobravam do governo uma regulamentação dos apps de voz. Mas o sindicato do setor diz não ser o autor da ação que tirou o aplicativo do ar.

 

 

Receita Federal libera sétimo e último lote de restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal abre nesta quarta-feira (09-dez) consulta ao sétimo e último lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. Estão no lote 2.721.019 contribuintes, totalizando mais de R$ 3,4 bilhões.

Foram incluídas no lote restituições que deixaram a malha fina, referentes aos exercícios de 2008 a 2014. O crédito bancário será feito no próximo dia 15. Quem não estiver neste lote e não estava nos anteriores está automaticamente na malha fina. Neste ano, a Receita constatou que 617.695 declarações foram retidas por terem erros ou omissões.

Para saber se caiu na malha fina, o contribuinte precisa consultar o extrato do Imposto de Renda, disponível no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento) na página da Receita. Em seguida, ele deve enviar uma declaração retificadora.

Segundo a Receita, a omissão de rendimentos foi o principal motivo de retenção de declarações na malha fina, responsável por 29,3% do total em 2015. Outros motivos para cair nas garras do Leão foram dedução de despesas com previdência oficial ou privada (24%), despesas médicas (21%), não comprovação do IR pela fonte pagadora, inclusive ausência de DIRF (7,1%), omissão de rendimentos de aluguéis (5,6%) e pensão alimentícia com indícios de falsidade (5,3%).

 

 

Entra em vigor a Lei da 'Meia Entrada' em todo o país

Após dois anos, entra em vigor a Lei da meia entrada em todo o país

Dois anos após ser aprovada pelo Congresso Nacional, entrou em vigor a Lei (12.933/2013) que regulamenta a "meia entrada". A nova lei permite o acesso de estudantes, jovens de baixa renda e pessoas portadoras de deficiência a eventos artísticos e culturais, pagando metade do valor do ingresso.

Com a nova regra, ficam assegurados 40% do total de ingressos dos eventos para concessão da meia-entrada. As promotoras e produtoras deverão comunicar o eventual esgotamento das entradas com desconto e apresentar um relatório de vendas com indicação dos ingressos comercializados com meia-entrada.

Nova carteirinha
Estudantes terão o direito à meia-entrada mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil, que seguirá um modelo nacional e poderá ser emitida por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE), Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), União Brasileira dos Estudantes Secindaristas (Ubes), além de diretórios centrais de estudantes e centros acadêmicos. O documento será renovado anualmente, com comprovação de matrícula e será gratuito para estudantes de baixa renda.

A meia-entrada para jovens de baixa renda será concedida por meio da apresentação da Identidade Jovem, documento que será emitido pela Secretaria Nacional de Juventude. A emissão levará em conta informações sobre beneficiários de programas sociais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Para pessoas portadoras de deficiência, a regulamentação prevê o benefício da meia-entrada com apresentação do cartão do Benefício de Prestação Continuada ou documento do Instituto Nacional do Seguro Social atestando a aposentadoria. O acompanhante também terá direito ao desconto.

Transporte
O decreto assinado pela presidenta Dilma Rousseff em outubro também assegura duas vagas em cada veículo, trem ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros e duas vagas com desconto mínimo de 50% no valor das passagens após esgotadas as vagas gratuitas.

Para acesso à gratuidade, o beneficiário terá de apresentar a Identidade Jovem e um documento de identificação com foto expedido por órgão público para retirar um bilhete de viagem nos pontos de venda da empresa de transporte. O bilhete do jovem será nominal e intransferível.

Segundo o governo, o acesso ao benefício no transporte para jovens de baixa renda estará em vigor até 31 de março de 2016, mesmo prazo dado para emissão da Identidade Jovem.

Cartórios do estado de São Paulo passam a emitir CPF junto com certidão de nascimento

Crianças registradas nos cartórios do estado de São Paulo já vão receber o CPF, a nova medida entrou em vigor no dia 1º de dezembro em todo o estado de São Paulo. A Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP), informou que o projeto abrangerá todos os 836 Cartórios de Registro Civil do estado.

Além da comodidade o serviço é gratuito para todos. A emissão do CPF diretamente no ato de registro de nascimento atende a uma demanda da população mais carente que necessita deste número para que seus filhos tenham acesso aos benefícios sociais proporcionados pelo Poder Público.

A inscrição do recém-nascido também permitirá aos pais incluírem imediatamente seus filhos em planos de saúde, que normalmente exigem o CPF, assim como para acesso aos medicamentos fornecidos pelo Governo, além da possibilidade de abertura de contas bancárias em nome da criança. O sistema também já está adaptado para permitir o cadastro da filiação independentemente do gênero que compõe a família.

O campo na certidão de nascimento, que normalmente ficava sem nenhuma informação, agora irá receber um número muito importante. Só este ano, até outubro, a Receita Federal emitiu quase cem mil CPFs para crianças com menos de um ano de idade em São Paulo.

A medida que entrou em vigor no estado de São Paulo também vai ser adotada em outros seis estados e no Distrito Federal.

 

Satélite americano captou clarão em queda de avião russo

Avião da companhia Kogalymavia caiu com 224 pessoas